Projeto Autsy

O Projeto Autsy sonha que toda criança diagnosticada com transtorno do espectro autista (TEA) receba o suporte necessário para o seu desenvolvimento, mas não somente elas, toda a sua família tenha o apoio necessário para enfrentar a jornada à frente de maneira exitosa.

Você sabia que famílias de crianças autistas precisariam investir entre 3 e 9 mil reais mensais em fisioterapia, fonoaudiologia, psicopedagogia, professores assistentes e em diversas terapias? O Projeto Social Autsy está sendo criado para dar apoio financeiro a estas crianças e famílias, garantindo que tenham acesso aos melhores profissionais e se desenvolvam além do esperado.

Mas e as famílias das crianças com TEA, quem se lembra delas? Nós do Projeto Autsy! Infelizmente muitos pais levam anos para ter coragem de admitir que seu filho ou filha possa ter o transtorno do espectro autista (TEA) e assim obter o diagnostico oficial fazendo com que as crianças percam a melhor época para o seu desenvolvimento. A nossa meta é auxiliar as famílias a diagnosticar o TEA o quanto antes possível. E depois do diagnostico? É ai onde as famílias precisam de atenção, empatia e apoio! Os pais e irmãos, além de outros familiares e amigos, precisam de cuidados com a sua saúde emocional e psicológica para que sejam saudáveis e fortes emocionalmente, assegurando que possam oferecer uma base sólida e segura para o crescimento e desenvolvimento das crianças com TEA.

Nossa Missão

  • Apoiar financeiramente no investimento de terapias e recursos necessários para o desenvolvimento das crianças com TEA;
  • Oferecer apoio psicológico para os familiares.

 

Pilares

O projeto surgiu a partir das experiências de vida do comunicador Edison Ramos com esportes, animais e crianças especiais.

  • O esporte: desde criança o esporte esteve em sua vida, começou com treinos de goleiro em um time de futebol infantil e como adulto, treinador de boxing e comunicador no ramo de artes marciais mistas.
  • Os animais: ele trabalhou com treinamento de animais para uma das maiores empresas brasileiras de animais de propagandas, como cães e tigres. Fascinado com os tigres, ao estudar em maior profundidade, percebeu que muitas características deles são parecidas de certa forma com o transtorno do espectro autista. Isso despertou o interesse pelo TEA.
  • As crianças: a junção do interesse pelos transtornos neurológicos e o amor à crianças o levou a ser voluntário na APAE onde pode usar o esporte para o desenvolvimento da disciplina e socialização de crianças especiais.
Developed with ❤️ by: Vedrak